Menu Content/Inhalt
Bem-vindo arrow Novidades arrow Segurança de viaturas a GPL (Esclarecimentos nos órgãos de comunicação social)

Autenticação

Acesso à área reservada com informação para associados com as quotas regularizadas.

Se for o primeiro acesso, introduza o Nome de utilizador e Palavra-passe indicados aquando da inscrição na ANIC-GPL.






Perdeu a palavra-passe?

Se continuar com dificuldade em aceder depois de confirmar as quotas e pedir nova palavra-passe, contacte-nos, por favor.

Subscrição de notificações

Segurança de viaturas a GPL (Esclarecimentos nos órgãos de comunicação social) criar PDF versão para impressão enviar por e-mail

 A SIC apresentou no Jornal da Noite do dia 28Ago'10 uma peça onde, o Vice-Presidente da Direcção e Director do Departamento Técnico da ANIC-GPL, identifica os elementos de segurança numa viatura a GPL  que actuam em caso de acidente.

À estranheza  habitual que nos provoca todo o destaque que é dado ao GPL nestas situações dramáticas, esta infeliz exposição mediática do acidente na A25 serve também para tornar visível a segurança das viaturas a GPL:

Uma instalação de GPL feita segundo a legislação em vigor,
por um instalador credenciado, preferencialmente associado da ANIC-GPL,
constitui uma opção tão ou mais segura quanto outro combustível
tradicional (gasolina e gasóleo).

Mas esta exposição mediática também gerou alguma curiosidade nas pessoas e na procura de informação e esclarecimentos que na sua investigação foram percebendo que:

  • Além do mesmo nível de segurança, ou superior, a utilização de GPL ainda permite uma racionalização da energia nesta altura em que a população já começa a tomar consciência que deveremos todos reduzir a dependência do petróleo;
  • Além de permitir prolongar a vida útil de uma viatura a gasolina que ainda se encontre em condições, evita o seu abate por vezes despropositado e inoportuno, evita a substituição por uma viatura a gasóleo mais poluente (apesar da publicidade nunca o fazer parecer), diminui as emissões ainda assim poluentes da combustão a gasolina, e melhor que tudo consegue fazê-lo reduzindo o custo por km para perto de metade.  Este é um ponto absolutamente decisivo nos tempos difíceis que atravessamos;
  • A legislação actual está desactualizada e é contrária às normas europeias nos temas do dístico identificador e estacionamento em subterrâneos porque já obriga ao mesmo nível de exigência de qualidade e segurança nas instalações;

A ANIC-GPL está a trabalhar com o IMTT IP, ITG e APETRO no sentido de
alinhar o quadro legal em Portugal com as normas europeias para
abolir a utilização do dístico e a permissão de estacionamento em subterrâneos,
sempre pela aposta da exigência inicial e verificação contínua da segurança.

 À SIC, resta-nos dar os parabéns por oportunamente procurar fontes de esclarecimento e apresentar o resultado desse esclarecimento, mesmo depois de se ter deixado levar como todos os restantes meios de comunicação pelo sensacionalismo e exploração dos receios da sociedade em volta do GPL.

Ansiamos sinceramente que os restantes profissionais da comunicação que exploraram esta coincidência do GPL com um sensacionalismo despropositado e por vezes até insensível, tenham a mesma postura da SIC.  A ANIC-GPL também terá o cuidado de identificar todos esses esforços.

Actualizado em ( 29-Ago-2010 )
 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
designed by made your web.com