Menu Content/Inhalt
Bem-vindo arrow Objectivos

Autenticação

Acesso à área reservada com informação para associados com as quotas regularizadas.

Se for o primeiro acesso, introduza o Nome de utilizador e Palavra-passe indicados aquando da inscrição na ANIC-GPL.






Perdeu a palavra-passe?

Se continuar com dificuldade em aceder depois de confirmar as quotas e pedir nova palavra-passe, contacte-nos, por favor.

Subscrição de notificações

Objectivos da ANIC-GPL criar PDF versão para impressão enviar por e-mail

A Associação Nacional de Instaladores e Consumidores de GPL (ANIC-GPL) foi fundada em 17 de Junho de 2004 e tem como objectivo promover a defesa e o desenvolvimento do GPL-auto como combustível rodoviário, apoiando consumidores e instaladores de GPL-auto. Somos a primeira instituição nacional que, de forma efectiva, promoveu, divulgou e zelou pelos interesses nacionais na área do GPL-auto, combustível que continua a ser uma alternativa viável e promissora considerando o contexto de instabilidade económica, o cumprimento dos compromissos ambientais assumidos pelo nosso país e a constante oscilação dos valores dos combustíveis refinados.

São disso exemplo, as propostas apresentadas ao Governo, Assembleia da República e outras autoridades competentes, de alteração à legislação ou regulamentação que promovam a segurança e a não discriminação do GPL-auto. São ainda exemplo, a promoção de acções de formação no sentido de apoiar os aperfeiçoamentos tecnológicos para optimizar os produtos e serviços existentes.

Para o futuro temos como objectivos da Associação potenciar a comunicação com um público mais diversificado, o que irá permitir, por sua vez, aumentar o número de consumidores de GPL-auto, e ainda a criação de serviços de interesse para os associados, designadamente consulta, assistência jurídica e regalias para os utilizadores de GPL-auto.

O aumento do número de utilizadores de GPL-auto significará a melhoria significativa do meio ambiente (em especial nos grandes aglomerados urbanos), mas significará também para os consumidores uma poupança financeira importante e para o Estado a racionalização e diversificação da utilização dos combustíveis, uma vez que a pressão sobre o consumo dos combustíveis refinados é muito elevada e 60% da produção do GPL-Auto é independente da refinação do petróleo. Para além disso existe ainda a nível mundial uma quantidade significativa de GPL que é queimada futilmente por não ser economicamente viável a sua comercialização. O aumento do consumo contribuirá para a alteração deste panorama.

A médio prazo pretendemos incentivar também o consumo de outros combustíveis gasosos, designadamente o Gás Natural e o BioGás, cuja tecnologia é muito semelhante à utilizada para o GPL-auto, e que são totalmente independentes do petróleo.

Actualizado em ( 06-Mai-2008 )
 
designed by made your web.com