Menu Content/Inhalt

Autenticação

Acesso à área reservada com informação para associados com as quotas regularizadas.

Se for o primeiro acesso, introduza o Nome de utilizador e Palavra-passe indicados aquando da inscrição na ANIC-GPL.






Perdeu a palavra-passe?

Se continuar com dificuldade em aceder depois de confirmar as quotas e pedir nova palavra-passe, contacte-nos, por favor.

Subscrição de notificações

Pesca: Novo motor GPL consegue poupanças de 50% em combustível criar PDF versão para impressão enviar por e-mail

Enquanto a ANIC-GPL participa no grupo de trabalho que está a preparar a legislação de base para a utilização de GPL na locomoção de barcos, vão surgindo alguns avanços práticos para demonstração das reais capacidades e vantagens económicas e ambientais proporcionadas pelo GPL.

É sempre uma boa notícia um Secretário de Estado mencionar a atribuição de benefícios fiscais na conversão de motores para a utilização de GPL.

 

No entanto, não deixa de ser curioso que a legislação ainda não esteja definida, logo, ainda por aprovar, mas que já haja promessas de benefícios fiscais na sua implementação.  A ver vamos se esta é uma das promessas para cumprir ou não.

Pesca: Novo motor GPL consegue poupanças de 50% em combustível*
Novo motor GPL consegue poupanças consideráveis
Um novo motor a GPL para pequenas embarcações de pesca foi apresentado em Portimão pelo secretário de Estado das Pescas e Agricultura. A nova máquina consegue poupanças de 50% em combustível, e a compra pode ser comparticipada até 60'%.

Luís Medeiros Vieira este em Portimão no passado sábado para presidir à cerimónia de apresentação do novo motor, que substitui a gasolina por gás. O motor foi criado pela GALP em parceria com o Ministério da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas.

O membro do Governo disse que o novo sistema pode vir a beneficiar “cerca de 4000 embarcações da pequena pesca, que actualmente operam a gasolina”. O motor deverá estar disponível no mercado durante o primeiro trimestre de 2011.

O investimento no novo motor pode custar entre 3500 a 4000 euros mas “o programa PROMAR”, disse Luís Medeiros Vieira, “apoia investimentos com um montante máximo de despesa elegível de 25 mil euros, sendo que os apoios a fundo perdido poderão atingir os 60%”.
*Origem: Jornal Região Sul algarve em http://www.regiao-sul.pt/noticia.php?refnoticia=110165

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
designed by made your web.com